Corrimento Vaginal | O que cada cor significa

 

As cores do corrimento vaginal podem dizer muito sobre sua saúde. Quando o corrimento vaginal apresenta cheiro, aparência ou cor diferente,  pode indicar a presença de alguma infecção vaginal. Na maioria dos casos pode ser candidíase ou tricomoníase, mas pode ainda indicar alguma doença sexualmente transmissível.

Então vamos entender o que cada cor do corrimento vaginal significa.

Corrimento vaginal: Corrimento branco

O corrimento branco, normalmente leitoso ou tipo creme hidratante, sem cheiro, não indica qualquer problema e faz parte do ciclo menstrual.  Pode ser percebido antes e após a menstruação.

No entanto se o corrimento branco é tipo leite coalhado, vem acompanhado de coceira, comichão e ardor, pode indicar infecção por fungos.

Conhecida como candidíase essa infecção é muito comum e pode acontecer com frequência em mulheres com baixa imunidade.

O casal deve fazer o tratamento para que um não volte a infectar o outro. O tratamento é feito com antifúngico via oral e pomada.

Quando o corrimento é branco tipo leite, porém vem acompanhado de mau cheiro, pode indicar colpite. Essa é uma vaginose causada por protozoários, fungos ou bactérias.

Veja também: Como consegui engravidar mesmo com infertilidade sem causa aparente

O tratamento também é via oral e com pomada.

Corrimento amarelo ou Amarelo-esverdeado

Corrimento acinzentado

O corrimento amarelo, acinzentado ou amarelo-esverdeado, com mau cheiro, normalmente cheiro de podre ou peixe, pode ser originado pela tricomoníase, infecção vaginal sexualmente transmissível. Outros sintomas além do corrimento vaginal são dor e sensação de queimação durante as relações sexuais e ao fazer xixi.

O tratamento é realizado com  comprimidos antifúngicos como o Metronidazol, Tioconazol ou Secnidazol, que devem ser tomados em dose única ou durante 5 a 7 dias de tratamento.

Já o corrimento  amarelo  semelhante a pus, pode indicar outra doença sexualmente transmissível, a Clamídia. Seu tratamento é feito com Azitromicina,  que pode ser tomada em dose única ou de 7 a  15 dias, conforme orientação médica.

Quando o corrimento é esverdeado, pode  indicar Tricomoníase ou  Vulvovaginite.

Corrimento vaginal: Corrimento Marrom ou com Sangue

Corrimento Marrom ou borra de café pode ser comum durante o período fértil e no pós-ovulação.  Durante o período fértil pode sinalizar ovulação e após a ovulação pode ser fruto da chamada nidação, a implantação do embrião.

Corrimento vaginal em borra ou marrom pode ainda ser fruto de ferida no colo do útero ou mesmo câncer de colo. Por isso é importante manter o preventivo em dia.

Nos demais dias do ciclo, o corrimento marrom ou com a presença de sangue, principalmente se associados à dor, coceira ou ardência, pode indicar alguma doença sexualmente transmissível como a gonorreia por exemplo.

Seu tratamento pode ser feito com antibióticos como a Azitromixina ou o Ciprofloxacino,  devem ser administrados  conforme orientação médica.

Veja também: Como consegui engravidar depois de 8 anos tentando!

Corrimento marrom tipo borra é também muito comum nos primeiros e nos últimos dias da menstruação.

 

Corrimento vaginal: Corrimento na Gravidez

O corrimento na gravidez quando surge é importante ser tratado o mais rápido possível, pois para impedir complicações e evitar prejudicar o bebê. Corrimento branco ou até amarelado durante a gravidez é comum, mas não pode estar associado a coceira, ardor e nem a mau cheiro. Quando nessas situações um médico deve ser consultado o quanto antes. Bactérias , fungos e doenças sexualmente transmissíveis podem afetar a gestação causando ruptura da bolsa, parto prematuro e até contaminação do feto.

Corrimento elástico transparente

Mais conhecido como muco cervical do período fértil esse corrimento não indica qualquer problema, muito pelo contrário, sinaliza o período fértil.

Semelhante a clara de ovo pode ser percebido nos dias que antecedem a ovulação. Dura em média três dias e é rico em água e nutrientes.

Corrimento Rosado

As situações de corrimento rosado são semelhantes a de corrimento vaginal marrom. Pode indicar ovulação, implantação do embrião ou mesmo ferida no colo do útero.

Leia Também: Nidação: Implantação do embrião ou menstruação?

Como evitar corrimento vaginal?

O uso de preservativo é essencial para evitar doenças sexualmente transmissíveis que causem corrimento vaginal.

Outro ponto importante é a higiene. O uso de sabonete íntimo que controle o ph vaginal é importante.

Algumas dicas podem contribuir para a saúde vaginal.

Não usar calça jeans muito apertada

Usar calcinha de algodão

Não usar protetor diário

Não usar lenços umedecidos ou papel higiênico perfumado

Use saias para manter a região íntima mais ventilada

Durma sem calcinha sempre que possível

Esses cuidados simples podem evitar o surgimento de corrimento vaginal e manter a saúde vaginal.

Gravei um vídeo em que revelo um método que aumenta em até 76% as chances de engravidar. Nesse vídeo você vai encontrar técnicas secretas para aumentar a fertilidade que poucas mulheres tem acesso. Para assistir a esse vídeo, basta clicar nesse link: Quero assistir ao vídeo




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *