Como tratar a endometriose para engravidar

 

A Endometriose é a presença de tecido interno do útero (endométrio) em outros locais da cavidade abdominal. Acontece quando pequenos pedaços desse tecido aderem em a outros órgãos e tecidos. Os locais mais comuns são as trompas, ovários, bexiga e intestino.

Quando os demais órgão reprodutivos são afetados, a mulher pode apresentar dificuldade para engravidar naturalmente. Podem haver problemas de ovulação e trompas com aderências ou obstruídas.

Os principais sintomas são :

  • Cólica forte durante o período menstrual
  • Infertilidade
  • Dor durante a relação sexual
  • Diarreia, intestino preso, sangramento anal- No caso de lesões no intestino
  • Dor ao urinar ou presença de sangue na urina – No caso de lesões na bexiga
  • Dor pélvica crônica– mesmo fora do período menstrual

Melhor tratamento para endometriose

Existem dois tipos de tratamento, são eles cirúrgico e medicamentoso.

Tratamento cirúrgico para endometriose

A laparoscopia é a cirurgia indicada para remover ao menos os focos principais do tecido endometrial encontrado fora do útero, ou corrigir problemas de fertilidade, como cistos e aderências tubárias.

A videolaparoscopia também é uma opção viável para identificar o número de lesões, aderências e obstrução das trompas. Identificado todo a extensão do problema, o médico poderá optar tratamento cirúrgico ou medicamentoso

Medicamentos que tratam endometriose

Existem diversos medicamentos e algumas vezes é preciso testar mais de um para que as melhoras sejam sentidas.

Analgésicos, anti-inflamatórios, análogos de GNHR, Danazol  e Dienogeste.

As pílulas com baixa concentração de Dienogeste são atualmente as mais utilizadas no tratamento, principalmente por mulheres que desejam engravidar. Antagonista do estrogênio, a dienogeste não tem ação anticoncepcional, mas dificulta a ovulação. Por isso embora existam chances de engravidar durante o tratamento, são casos mais raros.

O dispositivo intra uterino (DIU) com liberação do hormônio levonorgestrel é muito utilizado por mulheres que desejam se livrar das dores e incômodos da endometriose, mas não tem intenção de engravidar.

O DIU é um método contraceptivo que não a doença, apenas impede sua progressão  e o aumento das lesões já existentes.

Quem tem endometriose consegue engravidar

É fato que essa enfermidade diminui as chances de engravidar, mas ainda assim não é impossível.

Existem diversos relatos de mulheres com endometriose profunda que conseguiram engravidar após tratamento de forma natural.

Exames para diagnostico de endometriose

O exames para diagnostico são :

  • Exame de toque  vaginal e retal
  • Exame de sangue CA125
  • Ultrassonografia transvaginal pélvica

O médico pode ainda solicitar a videolaparoscopia para determinar o número de lesões, comprometimento e coleta de tecido para biópsia.

Como engravidar com endometriose

Mulheres mais jovens e com endometriose leve, conseguem engravidar mais rapidamente.

A classificação da doença, idade, número de filhos e tempo de diagnóstico, podem influenciar as tentativas de engravidar.

A forma mais certa de engravidar após confirmada a presença dessa enfermidade é iniciar o tratamento indicado pelo especialista que te acompanha.

Veja também: Como consegui engravidar mesmo tendo trompas obstruídas

Os casos mais severos normalmente tem indicação cirúrgica para a retirada do tecido endometrial que cresce fora do útero.

Gravei um vídeo em que revelo um método que aumenta em até 76% as chances de engravidar. Nesse vídeo você vai encontrar técnicas secretas para aumentar a fertilidade que poucas mulheres tem acesso. Para assistir a esse vídeo, basta clicar nesse link: Quero assistir ao vídeo

Fonte: Mãe à Flor da Pele

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *