Inhame para engravidar | Indutor de ovulação Natural

Os Maias, Astecas e Africanos já se beneficiavam há milhares de anos dos poderes do Inhame. A sociedade moderna vem aos poucos conhecendo seus benefícios e muitas mulheres tem usado o inhame para engravidar de forma natural.

O inhame tem  se mostrado um excelente tratamento para aumentar  imunidade, regular a produção natural de insulina e entre outras coisas, estimular a ovulação de forma natural e saudável.

Inhame para engravidar naturalmente

O inhame é rico em Diosgenina que no organismo feminino se converte em estradiol, estimulando a produção de folículos, induzindo a ovulação e aumentando a produção de muco cervical . Aumentando a progesterona eleva as chances de implantação do embrião.

 Inhame regulador hormonal

Rico em ferro, cálcio e nas vitaminas do complexo B,  principalmente em vitamina B6, regula a produção de hormônios como estrogênio, progesterona, prolactina, FSH e LH.

Se consumido moderadamente auxilia no emagrecimento diminuindo a absorção de gorduras pelo intestino.

Mulheres portadoras da Síndrome dos ovários policísticos não devem fazer uso do inhame. O inhame estimula a produção de testosterona que já é alterada em mulheres com SOP. O excesso de testosterona pode causar anovulação e o crescimento excessivo de pêlos pelo corpo e rosto.

Veja também: Como consegui engravidar mesmo tendo trompas obstruídas

Inhame para engravidar de Gêmeos

A ação do inhame para engravidar no organismo é semelhante a do indutor de ovulação à base de citrato de clomifeno, porém sem os riscos e efeitos colaterais.

Assim como o clomifeno, o inhame pode estimular o crescimento de mais de um folículo dominante. Em consequência disso, existem maiores chances da mulher engravidar de gêmeos usando o inhame para engravidar.

Como usar o inhame para engravidar

O inhame pode ser consumido como alimento em suas refeições durante todo o ciclo. Muitas mamães cozinham o inhame junto com o feijão para enriquecer o prato e oferecer a seus filhos. Dessa forma, o consumo do inhame não precisa se limitar a determinados dias do ciclo, pode ser consumido durante todo o ciclo sem qualquer problema.

O chá de inhame por sua vez não deve ser consumido durante todo o ciclo. O ideal é que se consuma 1 xícara do chá em jejum por 8 dias, sendo o dia da ovulação o último dia de ingestão.

Mulheres com ciclo regular em 28 dias devem consumir o chá de inhame do sétimo ao décimo quarto dia do ciclo.

Mulheres com ciclo regular em 30 dias devem consumir o chá do nono ao décimo sexto dia do ciclo. E assim por diante.

Veja também: Como consegui engravidar depois de 8 anos tentando!

O inhame como alimento pode ainda ser consumido durante a gravidez para aumentar a imunidade da mãe e manter o útero relaxada evitando contrações prematuras.

Como fazer o chá de inhame para engravidar

250 ml de água

Cascas de 1 inhame (dê preferência chinês)médio

Lave bem as cascas e deixe ferver bem até que o líquido reduza  pela metade. O chá deve ter um aspecto grosso, até meio viscoso.

Chá de inhame provoca efeitos colaterais?

No inicio e se consumido em grande quantidade  pode causar diarreia, dores de cabeça náuseas e vômito.

Seu uso é contra indicado para idosos, gestantes, crianças e pessoas com distúrbios intestinais.

Elixir de inhame para engravidar

Além do chá é possível utilizar o inhame para induzir a ovulação na forma de elixir.

O elixir de inhame pode ser encontrado em farmácias ou pela internet.

A marca mais conhecida e utilizada é o Elixir de Inhame Goulart, mas existem outras marcas tão boas quanto.

Seu consumo assim como o chá de inhame não deve ser estendido por todo o ciclo.

Como tomar o Elixir de inhame para engravidar

Para induzir a ovulação, você deve tomar 15 ml ( aproximadamente duas colheres de sopa) de elixir de inhame em jejum por 8 dias. Sendo o último dia de ingestão o dia provável da ovulação.

Um frasco de elixir de inhame custa em média R$25,00 e é o suficiente para dois ciclos.

Cápsulas de inhame para engravidar

As cápsulas de inhame são a forma mais simples de utilizar o inhame para aumentar a fertilidade e induzir a ovulação naturalmente.

As cápsulas  de inhame para engravidar podem ser utilizadas de duas formas.

Uma cápsula diária por todo o ciclo ou duas cápsulas dia por 8 dias sendo o dia provável da ovulação o último dia de ingestão.

Quem já utilizou garante que tomar por apenas 8 dias traz melhores resultados.

100 cápsulas de inhame custam em média R$ 38 reais e um frasco é o suficiente para 6 ciclos.

Por quanto tempo posso usar o inhame para engravidar

O inhame para engravidar assim como o citrato de clomifeno deve ser utilizado por no máximo 6 ciclos. Ideal fazer intervalo de um ciclo a cada 3.

Inhame desregula o ciclo menstrual?

O inhame não desregula o ciclo menstrual. Por estimular a ação hormonal o ciclo dura alguns dias a mais. Isso porque o inhame faz com que os folículos cresçam além do esperado.

Dessa forma o seu período fértil que normalmente duraria 5 dias, pode durar um pouco mais, aumentando as chances de engravidar. Outra razão para que o ciclo seja maior é por ele, o  inhame, aumentar a fase lútea. Fase lútea maior indica mais chances de implantação do embrião.

O inhame é uma opção natural que traz inúmeros benefícios não só para a fertilidade feminina como para a saúde de uma forma geral. Antes de utilizar o clomifeno que traz consigo alguns riscos importantes, tente alguns ciclos com esse poderoso indutor natural.

O inhame é só um dos alimentos secretos e naturais que a natureza nos proporciona para aumentar a fertilidade, existem muito mais remédios naturais que podem, de fato, fazer a diferença na hora de tentar engravidar, além desse post preparamos um vídeo que fala tudo sobre alimentação para engravidar, para acessar esse vídeo informativo é só clicar aqui.

Gravei um vídeo em que revelo um método que aumenta em até 76% as chances de engravidar. Nesse vídeo você vai encontrar técnicas secretas para aumentar a fertilidade que poucas mulheres tem acesso. Para assistir a esse vídeo, basta clicar nesse link: Quero assistir ao vídeo

Esse artigo é meramente informativo e não substitui a avaliação e indicação do seu médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *