Mioma | Quando o mioma atrapalha engravidar

 

Mioma é um nódulo na grande maioria dos casos benigno que único ou múltiplos, se desenvolvem na camada muscular do útero.

O  mais comuns cresce do lado de fora do útero, não atrapalha a mulher engravidar e é chamado subseroso.

O mioma que mais atrapalham a fertilidade e diminui as chances de gravidez é o submucoso. Se desenvolve dentro da cavidade uterina e pode dificultar a implantação do embrião.

Mioma intramural só traz problema a fertilidade quando maiores que 4 cm.

Veja também: Como consegui engravidar depois de 8 anos tentando!

Apenas 3% das mulheres  portadoras de miomas sofrem com infertilidade.

O que causa o mioma?

Predisposição genética e distúrbios hormonais principalmente de estrogênio e progesterona são as principais causas. Deve se ter cuidado principalmente com as questões relacionadas ao estrogênio ao longo de toda a vida, principalmente nos anos mais férteis da vida da mulher.

 

Sintomas de mioma

Alguns casos são assintomáticos, mas quando existe a presença de sintomas, os principais são:

  • Dificuldade esvaziar a bexiga
  • Sangramentos que fogem ao padrão de ciclos anteriores, inclusive com coágulos grandes.
  • Sangramento menstrual por mais de 9 dias
  • Fluxo menstrual intenso
  • Pressão ou dor pélvica
  • Micção frequente
  • Prisão de ventre
  • Dor durante as relações sexuais

Na presença frequente de um ou mais sintomas você deve consultar seu médico.

Melhor tratamento para mioma

O melhor tratamento varia de caso para caso. Depende do quão comprometido o útero se encontra, se existe ou não a intenção de reprodução e da intensidade dos sintomas.

Mulheres sem intenção de engravidar a curto prazo podem ser tratadas com :

  • Medicamentos hormonais para impedir a ovulação
  • (DIU) com levonorgestrel
  • Contraceptivos
  • Anti-inflamatórios não esteroides para o controle da dor
  • Suplemento vitamínicos e ferro

Veja também: Como consegui engravidar mesmo tendo trompas obstruídas

Mulheres que desejam engravidar rapidamente

  • Cirurgia com ultrassom focalizado guiado por ressonância magnética
  • Embolização da artéria uterina
  • Miólise
  • Laparoscópica ou robótica
  • Miomectomia histeroscópica
  • Ablação endometrial e ressecção de miomas submucosos.

Quanto o número de miomas é grande ou os sintomas muito intensos e não existe mais interesse em engravidar, a histerectomia é o procedimento indicado.

Gravei um vídeo em que revelo um método que aumenta em até 76% as chances de engravidar. Nesse vídeo você vai encontrar técnicas secretas para aumentar a fertilidade que poucas mulheres tem acesso. Para assistir a esse vídeo, basta clicar nesse link: Quero assistir ao vídeo

fonte de pesquisas: Minha Vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *