Anticoncepcionais Yas, Yasmin e Elani Ciclo mais perigosos

O caso de trombose causado por pílulas anticoncepcionais vem crescendo e gerando enorme preocupação. Toda pílula anticoncepcional carrega consigo o risco de formação de trombos na corrente sanguínea, o que pode até levar a morte. Porém existem algumas marcas de anticoncepcionais que são duas vezes mais perigosas que as outras.  É o caso do contraceptivo Yas, Yasmin e Elani Ciclo.

Anticoncepcionais com maior ocorrência de trombose

Os anticoncepcionais a base de drospirenona, um tipo de progestina (hormônio com ação semelhante a progesterona), embora muito eficaz na contracepção, traz consigo um risco mais elevado de trombose. Essa substância, no entanto não é encontrada na maioria das pílulas. Porém é a substância ativa das pílulas Yas, Yasmin e Elani Ciclo.

A Trombose é caracterizada pela formação de trombos na corrente sanguínea e  pode causar diversos problemas. Esses problemas vão desde pequenas interrupções do fluxo sanguíneo, no pulmão, nas pernas, ou até mesmo nas artérias do coração, causando embolia pulmonar e infartos por exemplo. Quando essas interrupções do fluxo sanguíneo acontecem no cérebro podem causar AVC e em qualquer uma das situações pode levar a morte.

O Food and Drug Administration (FDA), responsável pela regulamentação da comercialização de medicações, alertou em 2012 sobre o risco duas vezes maior de trombose em mulheres que utilizam as pílulas Yas, Yasmin e Elani Ciclo.

Seis estudos foram analisados até que se chegasse a essa conclusão. Esses estudos mostraram que a drospirenona pode ser uma verdadeira bomba relógio no organismo das mulheres. Principalmente para aquelas que já possuem predisposição para formação de trombos no sangue.

Um estudo em particular foi categórico ao demonstrar os riscos. O risco de trombose ao utilizar a drospirenona é de 1,5 a 2 vezes maior quando comparado ao levonorgestrel. Levonorgestrel é outra progestina também muito utilizada nas pílulas anticoncepcionais.

Para comprovar esses achados, o FDA fez um estudo próprio.  Revisando o registro médico de 800 mil mulheres entre os anos de 2001 e 2007, fez algumas descobertas. O resultado mostrou que as riscos de  trombose usando pílulas como Yas, Yasmin e Elani Ciclo é de 10 em cada 10 mil mulheres, enquanto a taxa é de 6 em cada 10 mil mulheres se comparadas a outras pílulas anticoncepcionais.

Yas, Yasmin e Elani Ciclo ainda são comercializados

A FDA não determinou que esses medicamentos fossem retirados de circulação. Ao invés optou por colocar a informação na bula do medicamento que antes disso, já era assustadora.

Se hoje você faz uso de alguns desses medicamentos anticoncepcionais converse com seu médico. Existem outras opções que podem atender suas necessidades.

O mais correto e acertado seria que os médicos pedissem a suas pacientes um exame que confirmasse ou afastasse a pré-disposição para trombose. Infelizmente essa nem de longe é uma prática comum. Sendo assim a contracepção através de pílulas ou injetáveis  se torna uma verdadeira roleta russa.

Gravei um vídeo em que revelo um método que aumenta em até 76% as chances de engravidar. Nesse vídeo você vai encontrar técnicas secretas para aumentar a fertilidade que poucas mulheres tem acesso. Para assistir a esse vídeo, basta clicar nesse link: Quero assistir ao vídeo

Fonte: Revista Época

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!